CARTA ENVIADA AOS PARLAMENTARES

CARTA ENVIADA AOS PARLAMENTARES

Legislação Rápida

Preencha os campos abaixo e faça a consulta na legislação

EM NOSSO NOME E EM NOME DE 5.000 PROFISSIONAIS DE SAÚDE QUE ATUAM NA REDE SARAH DE HOSPITAIS DE REABILITAÇÃO, EM 6 UNIDADES DA FEDERAÇÃO, REALIZANDO MAIS DE UM MILHÃO E TREZENTOS MIL ATENDIMENTOS DE BRASILEIROS, TOTALIZANDO ACIMA DE DEZESSEIS MILHÕES E QUINHENTOS MIL PROCEDIMENTOS POR ANO, PROTESTAMOS VEEMENTEMENTE CONTRA O PROJETO DE LEI QUE VISA DEFINIR O ALCANCE DO ATO MÉDICO, ORA EM TRAMITAÇÃO NO SENADO FEDERAL.

A REDE SARAH, COMO OUTRAS INSTITUIÇÕES DE RENOME INTERNACIONAL, SE PROJETOU IMPLANTANDO DESDE OS SEUS PRIMÓRDIOS UMA ATUAÇÃO MULTIDISCIPLINAR, NA QUAL VÁRIOS PROFISSIONAIS DE VÁRIAS ÁREAS DO CONHECIMENTO SE DEDICAM À REABILITAÇÃO DE PESSOAS QUE FICARAM INCAPACITADAS.

INTERDICIPLINARIEDADE IMPLICA EM CO-RESPONSABILIDADE E NA EM UMA VISÃO VERTICAL DA AÇÃO DE SAÚDE. A APROVAÇÃO DO PROJETO DE LEI DO ATO MÉDICO, COMO PROPOSTO, COLOCA O BRASIL NA IDADE MÉDIA, NA CONTRAMÃO DE TUDO O QUE ESTÁ SENDO FEITO NO MUNDO.
ALÉM DO MAIS QUEREMOS DECLARAR ENFATICAMENTE: É IMPRESCINDÍVEL A REJEIÇÃO PURA E SIMPLES DE TAL PROJETO E NÃO SUA “AMENIZAÇÃO”, COMO TEM SIDO FEITO EM RELATÓRIOS. ESTE PROJETO SIGNIFICA NA PRÁTICA A EXTINÇÃO DA POSSIBILIDADE DE QUALQUER PROGRESSO NÃO SÓ NA REABILITAÇÃO, MAS EM QUALQUER ÁREA DA SAÚDE.

NA JUSTIFICATIVA APRESENTADA PATA TRAMITAÇÃO DA LEI ESTÁ DITO: “A MEDICINA É UMA PROFISSÃO CONHECIDA DESDE A ANTIGUIDADE”. PERGUNTA-SE: É A ESSA ANTIGUIDADE QUE SE QUER VOLTAR? SE FOR ASSIM, PARA VERGONHA DE NOSSO PAÍS SÓ NOS RESTARÁ À DITADURA DO CORPORATIVISMO MEAICO E O OBSCURANTISMO A QUE DISTO RESULTARÁ.

ESTE ASSUNTO É DE TAL RELEVÂNCIA PARA AÇÕES DE SAÚDE NO BRASIL QUE TOMAMOS A INICIATIVA DE ENVIAR CÓPIA DESTA CARTA A TODAS AS PESSOAS QUE NA REDE SARAH SE TRATA OU SE TRATARAM.

A REDE SARAH TEM CERTEZA QUE A SUA SENSIBILIDADE E AÇÃO EVITARÃO O RETROCESSO E CONTA COM A SUA ENÉRGICA REJEIÇÃO A ESTE PROJETO DE LEI.

Aloysio Campos da Paz Júnior

Lúcia Willadino Braga
Cirurgião-Chefe da Rede SARAH

Diretora-Executiva da Rede SARAH