13/07/2017

Comissão intersetorial debate plano nacional pelo fim da tuberculose

Enfermeira Camen Lupi representou o Cofen no encontro

Presidente do Conselho Nacional de Saúde solicitou engajamento das entidades no Movimento Nacional em Defesa da Saúde Pública Brasileira – Saúde +10.

O Conselho Federal de Enfermagem (Cofen) participou, nesta segunda e terça-feira (11 e 12/7) de reunião  da Comissão  Intersetorial  de Atenção à  saúde  de Pessoas  com Patologias  (CIASPP), no Ministério da Saúde. No encontro, foi apresentado o Plano Nacional pelo Fim da Tuberculose como Saúde Pública. O documento traça estratégias para acabar com a doença no Brasil até 2035.

O Brasil registrou 4,6 mil óbitos por tuberculose em 2015. No mundo, no mesmo ano, a tuberculose foi a doença infecciosa que mais causou mortes. A tendência, no entanto, é de redução. Nos últimos 10 anos, a incidência de casos no país caiu 20%.

A comissão intersetorial apresentou informas das Conferências da Mulher e de Vigilância em Saúde, reforçando o convite para participação das entidades, e discutiu, ainda, temas como medicamentos biológicos e biossimilares.

Saúde +10 – Presente no encontro, o presidente do Conselho Nacional de Saúde  (CNS), Ronald dos Santos, solicitou engajamento das entidades no Movimento Nacional em Defesa da Saúde Pública Brasileira – Saúde +10. O movimento organizou a coleta de 1,8 milhão de assinaturas para o projeto de lei que prevê a destinação de 10% da receita corrente bruta brasileira ao Sistema Único de Saúde (SUS). Acesse o site da campanha ou a página oficial do facebook , e saiba como participar e recolher assinaturas.

Fonte: Ascom - Cofen