19/06/2019

Coren-PR negocia ajuste de conduta com instituição de saúde de Guarapuava

Instituição terá que contratar 70 novos profissionais até março de 2020

Em negociação com o Conselho Regional de Enfermagem do Paraná (Coren-PR) e o Ministério Público (MP), o Instituto Virmond, em Guarapuava, se comprometeu a redimensionar o quadro de Enfermagem e contratar 70 novos profissionais até março de 2020. O Compromisso de Ajustamento de Conduta foi assinado na última terça-feira (18) na sede do MP, em Guarapuava.

O documento assinado pelo Coren-PR tem como objetivo dar continuidade às ações de fiscalização. “Uma de nossas propostas é fazer com que o jurídico atue de forma coordenada com a fiscalização do Coren-PR. Dessa maneira, damos respostas aos profissionais de Enfermagem, oportunizamos a abertura de novos postos de trabalho, consolidamos a segurança e a qualidade na assistência de Enfermagem e, consequentemente, contribuímos para o desenvolvimento da saúde para a população da região”, afirma a presidente do Coren-PR, Simone Peruzzo.

De acordo com a procuradora-geral do Coren, Clarice Zendron, a ação será continuada. “Conduzimos a negociação da melhor maneira possível, considerando as possibilidades de todos os envolvidos. É apenas uma medida, que ainda deverá ser avaliada, ajustada e, principalmente continuada mantendo esta importante parceria com o MP”, disse.

Fiscalização – A ação ocorreu após a constatação de irregularidades em inspeções do Departamento de Fiscalização. O Instituto descumpria as normas referentes ao exercício da Enfermagem. A contratação dos profissionais será feita pelo próprio Instituto Virmond e, um mês antes do vencimento dos prazos do termo o Coren-PR realizará nova vistoria para verificar o cumprimento das cláusulas acordadas. O descumprimento acarretará em multa diária de R$ 100,00 à instituição.

Para mais informações sobre o funcionamento das ações de fiscalização do Coren-PR acesse o site.

Fonte: Coren-PR