12/02/2018

Dançar ajuda grávidas em trabalho de parto a terem menos dor e ansiedade

Foi dançando que a cantora Ivete Sangalo se preparou para ter gêmeas.

Foi dançando que, na manhã do sábado (10), Ivete Sangalo se preparou para ir para a sala de parto dar à luz as gêmeas Marina e Helena. Era só uma brincadeira, mas tem hospital que leva a série a dancinha da grávida. A prática já está sendo recomendada pelo Conselho Federal de Medicina como uma forma de aliviar a dor e a ansiedade das mulheres em trabalho de parto.

A conselheira Fátima Sampaio, da Comissão de Saúde da Mulher do Conselho Federal de Enfermagem, também foi ouvida pela produção do Fantástico. “O parto transcorre melhor quando a mulher se sente segura e acolhida. A movimentação, inclusive a dança, se a mulher se sentir à vontade, também pode ajudar na evolução do trabalho de parto”, explicou.

Em julho, vídeo com enfermeiras dançando despacito com gestantes para falar sobre a evolução do trabalho de parto, viralizou na internet.

 

Fonte: Fantástico