25/04/2017

Mestrado qualificará empregados públicos dos Conselhos de Enfermagem

Cofen aprova proposta de Mestrado Profissional em Gestão Econômica de Finanças Públicas, oferecido em parceria com a UnB

O plenário do Cofen aprovou, nesta segunda-feira (24/4), proposta de capacitação em nível de mestrado profissional para os empregados públicos efetivos que atuam na atividade meio do Sistema Cofen/Conselhos Regionais de Enfermagem.

Oferecido em parceria com a Faculdade de Administração, Contabilidade e Economia da Universidade de Brasília (FACE/UNB), o mestrado em Gestão Econômica de Finanças Públicas busca garantir maior eficiência e economicidade ao Sistema Cofen/Conselhos Regionais.

“É necessário que o empregado público desenvolva uma visão ampla e profunda do lugar que ocupa na Administração Pública, maximizando os benefícios de sua atividade para a efetividade do serviço. Um quadro de funcionários solidamente qualificados é um legado que queremos deixar para os futuros gestores”, afirmou o presidente do Cofen, Manoel Neri.

Será firmado convênio para a oferta de 100 vagas no período de 2017 a 2020.

A seleção seguirá o seguinte cronograma:

  • 40 vagas em agosto de 2017
  • 30 vagas em março de 2018
  • 30 vagas em agosto de 2018

 

Processo Seletivo – O processo seletivo será realizado pela UNB. Os critérios de seleção e demais informações serão divulgados em breve, após definição do Grupo de Trabalho responsável pela elaboração do projeto.

Compromisso com os Conselhos de Enfermagem – Os empregados públicos que cursem o mestrado profissional em Gestão Econômica de Finanças Públicas deverão firmar o compromisso de permanecer no Sistema Cofen/Conselhos Regionais por pelo menos três anos após a conclusão do curso.

 

Fonte: Ascom - Cofen