14/11/2019

Participação da Enfermagem na política é tema de debate no 22º CBCENF

Profissionais que representam a Enfermagem em diversas casas legislativas do Brasil participaram do encontro

Política na Enfermagem foi tema de palestra no 22º CBCENF

Os avanços da Enfermagem nas casas políticas brasileiras foi tema de debate ontem (13) durante o 22º Congresso Brasileiro dos Conselhos de Enfermagem (CBCENF). O evento é uma realização do Conselho Federal de Enfermagem (Cofen) e acontece até hoje (14), em Foz do Iguaçu, no Paraná. 

Com mediação do conselheiro Federal Gilney Guerra a mesa, que contou com a participação de diversos enfermeiros e técnicos de Enfermagem com atuação política em estados e municípios brasileiros, traçou um panorama sobre a participação da Enfermagem nas casas legislativas e concluiu a necessidade de ampliar a ocupação de cargos legislativos e do Poder Executivo para que as pautas da profissão avancem no País.

Além de congressistas, a palestra contou com deputados

Deputada estadual no Rio de Janeiro, Enfermeira Rejane (PCdoB/RJ) ressaltou as lutas históricas da categoria e destacou o desrespeito das casas legislativas com os projetos de lei que tratam de demandas específicas da Enfermagem. “O projeto que prevê a regulamentação da nossa jornada de trabalho em 30h, por exemplo, já tramita há 19 anos”, pontuou a deputada ao concordar com o deputado distrital Jorge Viana (PODEMOS/ DF). “Precisamos ocupar esse espaço que é onde as definições acontecem. Não podemos ficar insatisfeitos com a situação da profissão e não nos apropriarmos da política, que é onde o futuro é definido”, argumentou Jorge Viana.

O debate contou ainda com a participação dos prefeitos de Cristal (RS), Fábia Richter, e de Nova Tebas (PR), Clodoaldo Fernandes; da vereadora de Campo Grande (MS), Enfermeira Cida Amaral; do vereador de Macapá (AP), Rinaldo Martins; e do vereador de Juru (PB), Ivaldo Ferreira.

Fonte: Ascom - Cofen