- Cofen – Conselho Federal de Enfermagem - http://www.cofen.gov.br -

Presidente do Cofen é homenageado com a Comenda Carmem Aguiar Novaes

Entre versos de Carlos Drummond de Andrade e poesias anônimas, a enfermagem foi declamada na última quarta-feira (20), na Assembleia Legislativa de Sergipe, durante a solenidade de entrega da Comenda Enfermeira Carmem Aguiar Novaes.  A homenagem é concedida pelo Conselho Regional de Enfermagem de Sergipe (Coren-SE) pelo reconhecimento das ações realizadas por profissionais da área da enfermagem no estado de Sergipe e no país.

A presidente do Coren-SE, Gabryella  Santana Resende,  na tentativa de resumir alguns dos atributos que cada um dos homenageados da Comenda representam, se utilizou de palavras fortes e dignas de mérito.  Assim, palavras como paciência, justiça, bravura entre tantas outras, foram lembradas pela presidente ao elencá-las a cada um dos agraciados. Ao presidente do Cofen, Osvaldo Albuquerque, coube o “otimismo”.  Ao agradecer a indicação, o presidente do Cofen ressaltou que sempre quando a enfermagem é lembrada e valorizada pelas instituições e pela sociedade, torna-se ainda mais claro o grau de responsabilidade que os conselhos profissionais possuem perante a sociedade e todos os profissionais de enfermagem. “Estarei sempre empenhado em realizar todo o trabalho com o máximo de eficiência possível na condução do Conselho Federal de Enfermagem”, finaliza o presidente ao engrandecer o trabalho de todos os profissionais de saúde, além dos conselheiros federais e regionais que compõem os conselhos profissionais de enfermagem.

Albuquerque também falou da importância da enfermeira Carmem para o estado de Sergipe e que é uma honra poder conhecê-la e receber a comenda que traz o seu nome.

Ao todo foram 23 homenageados que receberam a Comenda Carmem Aguiar Novaes. A honraria é entregue àqueles que se destacaram por suas contribuições e atuais trabalhos nos cenários da Educação, Saúde Pública, Gestão e Assistencial Hospitalar, trazendo benefícios para a sociedade.

Por fim, a presidente do Coren–SE conclui discorrendo a importância de se valorizar profissionais da área de enfermagem, que representam o principal alicerce da saúde brasileira. “Estas pessoas fortaleceram e fortalecem a nossa profissão. Cada um em sua área, mas contribuindo para que a Enfermagem em Sergipe seja cada vez mais valorizada. Assim, não poderíamos não homenagear estes nomes citados nesta tarde”, enfatizou a presidente.

Além da principal homenageada, a Enfermeira Carmem Aguiar Novaes, compareceram também na solenidade os conselheiros federais Irene do Carmo Alves Ferreira, Silvia Maria Neri Piedade, Jebson Medeiros de Souza, Maria do Rozário de Fátima Borges Sampaio, Anselmo Jackson Rodrigues de Almeida, Wilton José Patrício, o representante do Estado, Márcia Guimarães e a secretária da Saúde de Aracaju, Goretti Reis.

Confira abaixo o nome de todos os homenageados:

Osvaldo Albuquerque Sousa Filho, Manoel Carlos Neri da Silva, Adalberto Matos do Nascimento, Ana Lúcia Araújo Caxico, Dijanira Vasco Perereira, Ivanilda de Araújo Rodrigues, Joélia Barros Fernandes, José Gomes de Oliveira, Leane de Carvalho Machado, Lourdes Goretti de Oliveira Reis, , Maria Antônia dos Santos, Maria da Conceição Mendonça Costa, Maria da Pureza Ramos de Santa Rosa, Maria Lúcia Teixeira Santos, Marilice Alves de Azevedo, Paulo Carvalho Dantas, Rute Santos Silva, Rute Andrade da Silva, Sândala Maria Teles Santos de Oliveira, Wilma Resende Lima e Zaíra Moura da Paixão Freitas, Euza Gentil Missano Costa , Maria dos Santos.

Carmen Aguiar Novaes

COF_7761 [37]Durante a cerimônia, os homenageados puderam receber os cumprimentos da própria Carmem Aguiar Novaes. Ela, que é símbolo da Enfermagem em Sergipe, se formou na Escola de Enfermagem Ana Nery, no Rio de Janeiro em 1952, e retornou ao estado trabalhando para a Fundação Beneficente de Cirurgia.

Carmem fundou a Escola de Auxiliares de enfermagem Dr. Augusto Leite e foi nomeada pelo Conselho Federal de Enfermagem como coordenadora da Junta Especial, com outras duas profissionais da enfermagem para instituir no Estado o Conselho Regional de Enfermagem. Fundou também a Associação Brasileira de Enfermagem Seção Sergipe – ABEN/SE, contribuindo para a criação da APAE e também para que o curso de Enfermagem na Universidade Federal de Sergipe, na gestão do então reitor professor João Cardoso do Nascimento Júnior, fosse uma opção de escolha de quem desejasse seguir carreira.

“Esta bonita homenagem que recebo sendo nomeada em forma de condecoração é algo que vem coroar minha vida enquanto enfermeira. Vivi financeiramente de minha profissão durante dois anos apenas, o restante de minha vida foi atuando de forma voluntária. Sempre gosto de dizer que não estou enfermeira, serei enfermeira até o último dia de minha vida”, pontuou.