- Cofen – Conselho Federal de Enfermagem - http://www.cofen.gov.br -

Tocantins recebe visita técnica da presidente do Cofen

Visita busca reafirmar compromisso e estabelecer um olhar atento para o regional

A presidente do Conselho Federal de Enfermagem (Cofen), Betânia Santos, realizou nesta sexta-feira (5), uma visita técnica à sede do Conselho Regional de Enfermagem do Tocantins (Coren-TO), em Palmas, com intuito de acompanhar os projetos desenvolvidos pela autarquia e as ações de gestão da diretoria e da plenária. “Tenho mantido essa prática de chegar mais próximo dos Conselhos Regionais, por meio dessas visitas de gestão, para reafirmar os nossos compromissos e as nossas parcerias, e para atender o regional da melhor forma possível”, afirmou.

A presidente do Cofen, Betânia Santos, foi recebida pela presidente do Coren-TO, Luana Ribeiro; pelo secretário, Cassiano Milhomem; pela tesoureira Irismar Vieira; pelo conselheiro Adeilson Reis; e pelos colaboradores da autarquia em Palmas.

Presidente relembrou momentos na luta da categoria em busca do Piso Salarial

“Sentimos que fomos prestigiados com essa visita, ainda mais nesse momento de grande alegria para toda a Enfermagem brasileira, com o nosso piso salarial que agora virou lei”, comemorou a presidente do Coren-TO, Luana Ribeiro. A visita acontece no mesmo dia em que a Lei 14.434/22, que institui o piso salarial nacional da Enfermagem, foi publicada no Diário Oficial da União (DOU), após anos de luta das entidades representativas da categoria.

Durante a visita, Betânia Santos relembrou diversos momentos em que o Cofen e os Conselhos Regionais de Enfermagem mobilizaram os deputados federais e senadores, para robustecer o apoio político em prol da aprovação do piso salarial da Enfermagem. “Foi uma luta de mais de duas décadas. Cada etapa foi bastante desafiadora, mas sempre acreditamos nesse resultado. O Cofen com os Conselhos Regionais protagonizaram essa luta e com o apoio dos profissionais da Enfermagem nós conseguimos”, destacou.

Betânia Santos indicou que outras pautas da categoria precisam ser atendidas, como a jornada de trabalho, o descanso digno e a aposentadoria especial

Segundo a presidente do Cofen, com a aprovação da lei, os departamentos de fiscalização dos Conselhos Regionais vão intensificar os trabalhos para assegurar o correto dimensionamento de pessoal nos serviços de Enfermagem e também para que o valor do piso salarial estabelecido pela legislação seja comprido. A presidente indicou que outras pautas de interesse da categoria precisam ser atendidas, como a lei das 30 horas, a lei do descanso, a lei da aposentadoria especial e a luta para que o ensino acadêmico e profissional não ocorra na modalidade de educação à distância nos cursos onde há a necessidade da parte prática, principalmente na graduação em Enfermagem.