11/11/2019

Abertura do 22º CBCENF enfatiza inovações na Enfermagem

Estavam presentes mais de 3 mil congressistas na noite desta segunda-feira (11)

A abertura oficial do 22 CBCENF aconteceu na noite desta segunda-feira (11)

Mais de 3 mil congressistas lotaram o auditório do Centro de Exposição de Foz do Iguaçu (PR) para assistirem as delegações de todos os Conselhos Regionais de Enfermagem desfilarem na abertura do 22° Congresso Brasileiro dos Conselhos de Enfermagem (CBCENF), que aconteceu na noite desta segunda-feira (11). Também estiveram delegações internacionais do Paraguai, Uruguai e Argentina, além de representantes de outros países como França e Portugal.

Com o tema “A formação e o exercício profissional na era tecnológica: impactos na Enfermagem”, a abertura do evento contou com a presença de autoridades, profissionais de saúde e estudantes de todo País. O coral de crianças da Associação Fraternidade Aliança (AFA) abriu o evento, logo em seguida as delegações desfilaram com as músicas típicas dos seus estados.

Conselheiros federais, deputados e representantes da saúde fizeram parte da mesa de abertura

O presidente do Conselho Federal de Enfermagem (Cofen), Manoel Neri, deu as boas-vindas aos congressistas e enfatizou a importância da tecnologia para novas formas do cuidar e o lado negativo com a Educação a Distância (EAD) banalizado o ensino.

“Alguns estudos apontam que, nos próximos 10 anos, diversas profissões serão extremamente impactadas pelas novas tecnologias. No caso da Enfermagem, não há como ser superada pela tecnologia. Desde o início da humanidade, sempre existiu uma profissão para cuidar das pessoas. Não é possível substituir o cuidado por máquinas. Precisamos, de fato, nos anteciparmos para fazer essa discussão e nos prepararmos para este futuro. As tecnologias trazem impactos muito negativos no Ensino a Distância, que vem provocando uma verdadeira tragédia na formação de enfermeiros pelo Brasil”, afirmou.

Estavam presentes mais de 3 mil congressistas na noite desta segunda-feira (11)

Anfitriã do congresso, a presidente do Conselho Regional do Paraná (Coren-PR), Simone Peruzzo, apresentou um pouco do seu estado, o trabalho do Regional e convidou o prefeito da cidade, Chico Brasileiro, para assinar o termo de cooperação com a prefeitura. O prefeito reforçou a importância da Enfermagem para fortalecer a Saúde Pública. “Vivemos um momento político em que os profissionais da saúde são essenciais para o fortalecimento do Sistema Único de Saúde (SUS)”, afirmou.

O prefeito de Foz do Iguaçu, Chico Brasileiro, também prestigiou o evento, dando as boas-vindas a todos os presentes. A campanha mundial do Nursing Now, que luta pelo empoderamento e valorização da Enfermagem, também marcou a abertura com vídeos informativos. Ao final das falas das autoridades, um momento emocionante aconteceu: os mais de 3 mil levantaram a placa de apoio à campanha e, em coro, clamaram “Nursing Now Brasil”.

O poeta Bráulio Bessa finalizou a noite de abertura do 22º CBCENF declamando um poema sobre amor. “Não tem como falar do profissional de Enfermagem sem falar de amor. Esse sentimento veste vocês todo dia”, afirmou.

Congresso – O CBCENF acontece de 11 a 14 de novembro e é considerado o maior congresso da área da Enfermagem na América Latina. São palestras, mesas-redondas, minicursos e milhares de trabalhos científicos apresentados simultaneamente. Este ano, a abertura contou com a transmissão ao vivo de 12 influenciadores digitais e nas redes sociais oficiais do Cofen.

Ao longo dos 4 dias de evento, a programação também conta com atividades internacionais, como o Encontro de Enfermagem dos Países do Mercosul, Encontro Latino-Americano de Saúde Mental, Encontro Internacional de Enfermagem Militar e o painel “Nursing Now: Compromisso do Sistema Cofen/Conselhos Regionais com a Enfermagem Brasileira”.

Fonte: Ascom - Cofen