18/01/2022

Cofen e Coren-AM querem ampliar acesso à saúde reprodutiva no Amazonas

Comissões de Saúde da Mulher do Cofen e Coren-AM estão reunidas para alinhar qualificação da Enfermagem Ginecológica no estado

Programação do encontro vai até o próximo sábado (22/01)

A Comissão Nacional de Saúde da Mulher do Conselho Federal de Enfermagem (Cofen), em parceria com o Conselho Regional de Enfermagem do Amazonas (Coren-AM), realiza nesta semana o encontro de alinhamento do “Projeto de Consulta de Enfermagem Ginecológica, com Ênfase no Planejamento Sexual e Reprodutivo – PLANREP”.

A reunião, iniciada nesta segunda-feira (17/01), busca fortalecer e estruturar o processo da consulta de Enfermagem na área da saúde reprodutiva, tendo como foco o planejamento familiar. A ampliação da cobertura e qualificação do atendimento fortalece o planejamento Sexual e Reprodutivo na Atenção Primária à Saúde, além de contribuir para a prevenção de mortalidade materna e infantil.

O coordenador da Comissão Nacional de Saúde da Mulher do Cofen, Herdy Alves, explica que a iniciativa “busca ampliar o acesso e a resolutividade da consulta de Enfermagem ginecológica, sempre em articulação com os gestores locais”. Bem sucedida em outros estados, como Roraima, Pará e Piauí, a iniciativa deve chegar, em breve, ao Amazonas.

“Estamos atuando no alinhamento do curso e na seleção dos alunos enfermeiros, trabalhando com os gestores das unidades de saúde e ampliando as diretrizes que irão sustentar o programa de aperfeiçoamento em Manaus e nos municípios do interior, que estão sendo envolvidos no projeto”, afirmou Herdy, que destacou também o apoio da presidente do Cofen, Betânia Santos.

Presidente do Coren-AM deu boas-vindas à Comissão Nacional de Saúde da Mulher do Cofen

A programação do encontro vai até o próximo sábado (22/01). Durante os próximos dias, as comissões irão se reunir com gestores da Secretaria Municipal de Saúde (SEMSA Manaus), Secretaria de Estado de Saúde do Amazonas (SES-AM), Conselho Municipal e Estadual de Saúde, coordenação da Área Técnica Saúde da Mulher e Atenção Primária, instituições hospitalares do município (Maternidade/CPN) e representantes do Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA).

A programação do encontro vai até o próximo sábado (22/01). Durante os próximos dias as comissões irão se reunir com gestores das Secretaria de Estado de Saúde do Amazonas (SES-AM), Secretarias Municipais de Saúde, Conselho Municipal e Estadual de Saúde, coordenadores da Área Técnica Saúde da Mulher e Atenção Primária e instituições hospitalares do Município (Maternidade/CPN).

As comissões, junto aos gestores de saúde da capital e interior, também farão a seleção de profissionais que participarão do Curso “Consulta de Enfermagem Ginecológica com Ênfase no Planejamento Sexual e Reprodutivo” e serão as multiplicadoras do projeto na capital e também nos municípios do interior do estado.

Base Legal — A consulta de Enfermagem na área da saúde sexual e reprodutiva, com foco no planejamento reprodutivo, tem amparo na Lei do Exercício Profissional da Enfermagem,  no inciso II do Art. 8º do Decreto nº 94.406/1987, que regulamenta a Lei nº 7.498/1986. O procedimento também está incluído no protocolo de procedimentos técnicos do Ministério da Saúde.

Fonte: Ascom - Cofen e Coren-AM