slot5000

28/03/2023

Cofen lança formulário para apoiar Enfermagem no Maranhão e no Acre

Conselhos querem localizar profissionais afetados nos dois estados para avaliar necessidades individuais e oferecer assistência

Equipe de Resposta Rápida se encontra no Acre desenvolvendo ações de amparo à Enfermagem local

Buscando apoiar a Enfermagem que vive nas áreas atingidas por fortes chuvas nos últimos dias no Acre e no Maranhão, o Conselho Federal de Enfermagem (Cofen) disponibilizou formulário virtual de cadastro para que enfermeiros, técnicos, auxiliares e obstetrizes afetados nos dois estados sejam identificados e tenham suas necessidades avaliadas. Se você é profissional das regiões e foi acometido pelas enchentes, informe sua situação preenchendo corretamente o documento.

Profissionais maranhenses precisam acessar o formulário clicando aqui. Já os acrianos devem clicar neste link

A realidade da categoria nas áreas afetadas está sendo monitorada pela Equipe de Resposta Rápida (ERR) do Cofen, em parceria com os Conselhos Regionais do Acre (Coren-AC) e do Maranhão (Coren-MA). Neste momento, o grupo se encontra no Acre desenvolvendo ações de amparo para garantir a continuidade da assistência à população. Nesta segunda-feira (27/3), em reunião com dirigentes do Coren-MA, foram debatidas as atividades de amparo aos profissionais maranhenses. 

Grupo também debateu ações de amparo aos profissionais maranhenses em reunião com dirigentes do Coren-MA

Até o momento, 52 profissionais de Enfermagem acometidos pelo desastre já foram identificados no Acre. No maranhão, 39. Na cidade de Rio Branco (AC), 48 bairros foram atingidos e cerca de 32 mil pessoas foram afetadas pelas inundações. O estado do Maranhão concentra o maior número de municípios em estado de alerta, 20 no total.

Equipe de Resposta Rápida A ERR tem como missão oferecer ajuda humanitária aos profissionais de Enfermagem afetados por desastres, em situações que demandem o emprego urgente de medidas de prevenção e contenção de riscos, danos e agravos à saúde pública. Sua atuação é baseada na cooperação com os Conselhos Regionais, no sentido de apoiar as ações necessárias para garantir o cumprimento do exercício profissional, a qualidade da assistência e a segurança do paciente.

“Em sua nona missão de ajuda humanitária, a equipe já atuou em desastres naturais nos estados da Bahia, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Pernambuco, Alagoas, Espírito Santo e na região do Litoral Norte de São Paulo. Até o presente momento, mais de 2.100 profissionais de Enfermagem foram acolhidos por nossas ações. O grupo também esteve em Roraima apoiando em ações emergenciais, devido a situação de desassistência à saúde da etnia Yanomami que ocasionou a decretação de calamidade pública pelo Governo Federal”, informa Eduardo Fernando de Souza, coordenador da Equipe de Resposta Rápida do Cofen.

Fonte: Ascom - Cofen