15/05/2018

Cofen normatiza atuação dos enfermeiros em cursos de formação de cuidadores

Enfermeiro não deve supervisionar estágio nem ministrar conteúdos específicos de Enfermagem

O Conselho Federal de Enfermagem (Cofen) aprovou, na 500ª ROP, parecer técnico que normatiza a atuação do enfermeiro nos cursos de formação de Cuidadores de Idosos.

O parecer determina que cabe ao enfermeiro ministrar conteúdos relacionados a aspectos gerais da Saúde, conforto, higiene, educação e promoção da Saúde.

A normativa proíbe que enfermeiros ensinem práticas de Enfermagem que exijam a aplicação de conhecimentos técnico-científicos, tanto em aulas teóricas como em atividade de estágios em cursos que visem a formação de Cuidadores de Idosos.

A regulamentação da profissão de cuidador, objeto do PLC 11/2016, foi aprovada pela Comissão de Assuntos Sociais do Senado. A atividade deve ser exercida por diplomados no ensino fundamental, com curso de qualificação na área, além de idade mínima de 18 anos, bons antecedentes criminais e atestados de aptidão física e mental.

Fonte: Ascom - Cofen