28/06/2011

Cofen participa do lançamento do livro: Enfermagem – História de uma profissão

Livro:   Enfermagem- história de uma profissão

Livro:   Enfermagem- história de uma profissão


“ Esta obra leva o leitor a adentrar em um mundo rico de saberes científicos e humanos. Inter-relacionando a enfermagem com as questões políticas, geográficas, econômicas, religiosas, educacionais, sociais, culturais e de gênero que marcam a evolução da humanidade, ela vincula o cuidar de pessoas ao desenvolvimento do próprio mundo.
Em um passeio pelo tempo, os autores, desvelando a caminhada progressiva dessa atividade ao longo dos séculos, deixam patente toda a sua complexidade, além de destacar a contribuição das enfermeiras e dos enfermeiros para o seu aprimoramento gradual e incessante, bem como, paralelamente, o de campos afins.
Trata-se, assim, de um livro extremamente útil para docentes, estudantes, profissionais e outros interessados na história da enfermagem. Seu objetivo é dar suporte à pesquisa e, sobretudo, à formação de pessoas dotadas de competência crítica e senso de corresponsabilidade ético-social e política diante das demandas atuais e futuras”.



Com essas palavras a Difusão Editora se refere à obra: Enfermagem- história de uma profissão. Cujo o lançamento ocorreu em sessão solene durante o 16º Seminário Nacional de Pesquisa em Enfermagem, de 19 a 22 de junho na cidade de Campo Grande. O momento foi de sucesso absoluto, reuniu as organizadoras da obra: Miriam Borenstein e Iraci dos Santos, justificada a ausência de Maria Itayra Coelho de Souza, líder do Grupo de Pesquisa-GEHCES (Grupo de Estudos da História do Conhecimento em Enfermagem e Saúde.


O livro é uma produção do GEHCES e está dividido em 10 capítulos, que apresentam a história da profissão desde os primórdios da humanidade até os dias atuais. Conta ainda com a contribuição de 40 pesquisadores, em sua maioria dedicados a história da enfermagem e da saúde. Entre estes estão: Dr. Gelson Albuquerque, Conselheiro Federal; Dra Denise Pires, Editor Associado da Revista Enfermagem em Foco e Dr Joel Rolim Mancia, editor-chefe do periódico.


A obra preenche uma lacuna na produção científica da enfermagem, desde que a pós-graduação não tem manifestado uma preocupação mais contundente com os aspectos históricos da profissão. Certamente a obra terá uma ressonância no meio acadêmico e profissional, porque além de ser da maior utilidade, tem também a chancela de suas organizadoras, todas pesquisadores do CNPq e de reconhecida trajetória na pesquisa em enfermagem pesquisadores.