01/03/2021

Lockdown no DF: Cofen reforça medidas de segurança contra covid-19

Medidas reduzem circulação e reforçam a biossegurança no edifício-sede, após decreto de lockdown Distrito Federal

Medidas visão a redução da circulação e manutenção segura das atividades

O Conselho Federal de Enfermagem (Cofen) anunciou hoje (1º) medidas para reforçar a segurança no edifício-sede, em Brasília, e garantir a continuidade das atividades. Mais da metade do contingente profissional, incluindo integrantes de grupos de risco, está em trabalho remoto.

O coordenador do Comitê Gestor de Crise, Eduardo Fernando, anunciou, em reunião com a chefias e assessores, a realização remota da próxima Reunião Ordinária de Plenário (ROP) e redução das atividades presenciais das Câmaras Técnicas. “O Cofen já reduziu o contingente presencial e, com estas novas medidas, vai diminuir ainda mais a circulação, sem afetar as atividades essenciais durante a vigência do decreto distrital de lockdown”, ressaltou.  O decreto 41.849, vigente até 15 de março, define uma série de medidas para conter a transmissão da covid-19 no Distrito Federal.

Os conselhos de fiscalização profissionais estão enquadrados entre as atividades essenciais. O uso de máscaras é obrigatório para acesso ao prédio, e os  funcionários em atividade presencial realizam testagem periódica.