02/12/2022

Conhecer o fluxo do pré-natal e cuidado tranquiliza gestantes

Vídeo é resultado de pesquisa de mestrado apoiada pelo Convênio Cofen/Capes

A gestação é um período marcado por incertezas. Conhecer o fluxo de atendimento e a atuação dos profissionais contribui para a segurança e construção de vínculos no pré-natal. Vídeo apresentado pelo enfermeiro obstetríco Wanderson Teixeira e a enfermeira especialista em Saúde da Família Franciéli Rosalem apresenta o fluxo de atendimento e esclarece o papel do enfermeiro no pré-natal de baixo risco.

“Esse vídeo existe para você, gestante”, afirma Wanderson. “A consulta de Enfermagem é o melhor momento para sanar dúvidas, avaliar a gestante e criar vínculo”, diz o enfermeiro, cuja atuação na assistência ao parto o levou a reconhecer a importância da construção do vínculo desde o pré-natal.

Com roteiro elaborado pelo pesquisador e validado por profissionais experientes, o vídeo é um dos frutos do seu mestrado na Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC), sob orientação das professoras Denise Zocche e Maria de Fátima Martins. O programa de mestrado profissional conta com financiamento do convêncio Cofen-Capes.

O pré-natal de risco habitual (baixo risco) é realizado por enfermeiros e médicos. A atuação qualificada da Enfermagem obstétrica é um dos pilares da Portaria 1.459/2010 do Ministério da Saúde, que cria a Rede Cegonha, contribuindo para a assistência humanizada e redução da mortalidade materno-infantil, com correta datação gestacional, orientação da gestante e identificação e encaminhamento de condições como pressão alta e infecções, que podem causar nascimento prematuro, além de representarem risco à mulher.

Fonte: Ascom - Cofen