11/01/2021

Defesa da Enfermagem e enfrentamento da pandemia marcou posse do Coren/SC

Plenário eleito assumiu a Gestão 2021/2023

Conselheiros usaram máscaras e mantiveram distanciamento

Com falas contundentes em defesa de melhores condições para os profissionais de Enfermagem, ocorreu nesta manhã (4/1) a posse dos novos conselheiros que integram o Plenário do Coren/SC para a Gestão 2021/2023 numa solenidade restrita na sede, em Florianópolis, e com algumas participações de forma remota devido à pandemia. A cerimônia foi transmitida ao vivo pelo Instagram (@corensc).
O presidente da Comissão Eleitoral, enfermeiro Jorge Lorenzetti, coordenou os trabalhos representando também as demais integrantes, Jaçany Aparecida Borges Prudente e Rafaela Serpa. A presidente do Coren/SC na Gestão 2018/2020, Helga Bresciani, esteve presente junto com a conselheira Tesoureira Alessandra Junkes Coutinho, e aproveitou a oportunidade para se despedir e desejar sucesso à gestão.

A conselheira Maria Elisabeth Kleba da Silva falou em nome das/os enfermeiras/os eleitos e destacou a importância do Sistema Único de Saúde (SUS). “Com orgulho e responsabilidade represento os colegas, agradeço a oportunidade e vamos continuar o trabalho que desde 2008 vem avançando nas conquistas com confiança e o compromisso de fazer mais. Vamos poder somar junto com os milhares de profissionais que esperam de nós muito trabalho e resultado”, disse ela.

Em nome das/os Técnicas/os de Enfermagem, a conselheira Katia Santina Silveira Caetano fez uma fala ressaltando o significado em assumir este cargo. “Sabemos que os nossos colegas depositaram o voto de confiança e esperam que sejamos os contatos que eles precisam no dia a dia do exercício da função”, lembrou ela.

Novo presidente do Coren-SC

Na primeira reunião, conforme a legislação, são escolhidos os três membros da Direção: presidente, secretária/o e tesoureira/o. A ex-presidente Helga coordenou o trabalho de votação para escolha dos conselheiros que formarão a Direção, ficando então eleitos o enfermeiro Gelson Albuquerque como presidente, a enfermeira Maristela Assumpção de Azevedo como conselheira secretária e a técnica de Enfermagem Daniela Maçaneiro como conselheira tesoureira. Eleitos em novembro, os novos conselheiros realizaram em seguida a primeira Reunião Plenária.

“Não aguentamos mais tamanha pressão. Jornadas extenuantes, dobras de plantões, colegas afastados pela contaminação da Covid-19 e outros que perderam suas vidas para salvar outras vidas, com salários indignos à função que exercemos, atuando sem cobertura de insalubridade ou até mesmo sem equipamentos de proteção em quantidade ou qualidade necessárias”, disse o presidente eleito Gelson Albuquerque.

“É preciso ter coragem para enfrentar estas questões neste momento e é fundamental reposicionar nosso papel na sociedade. Não nos cabe mais sermos coadjuvantes. Somos profissionais centrais ao cuidado e à vida e isso restou provado. Assim deveremos ser tratados, de forma diferenciada. Apelamos para que a sociedade compreenda nossas limitações e colabore com as medidas de distanciamento, educação sanitária e respiratória para que a curva regrida e possamos atender com qualidade”, complementou e concluiu que mesmo com as adversidades estão prontos para enfrentar estes desafios e seguir na construção de uma Enfermagem mais Valorizada e Participativa.

A conselheira secretária Maristela Assumpção de Azevedo também fez uso da palavra e afirmou que cada um é enfermeira/o em qualquer situação, seja na família ou numa instituição, mas agora que assumem este papel de conselheiros precisarão estar atentos às demandas da categoria, ainda mais neste momento de pandemia e de tantos desafios.

 

Fonte: Coren-SC