25/07/2011

Em discurso para os novos concursados, Presidente destaca compromisso da gestão ‘Força da Mudança’

 

 

O presidente do Conselho Federal de Enfermagem (Cofen), Manoel Carlos Neri da Silva, em palestra de boas-vindas para os novos empregados ressaltou o compromisso com a gestão ‘Força da Mudança’ e com a meta de fortalecer a imagem do Cofen perante a sociedade. A história da autarquia e as conquistas decorrentes do planejamento estratégico foram alguns dos destaques que integraram a ambientação dos novos concursados, realizada na sede, em Brasília, nos dias 21 e 22 de julho.

Todos os departamentos que integram o Conselho explanaram sobre as principais funções de cada setor nos dois dias de ambientação. O constante crescimento do Cofen foi a máxima de todas as palestras. Para o Presidente, com a chegada dos novos profissionais, o Cofen se fortalece e mantém firme na meta de prestar o melhor serviço. “Nosso objetivo é sempre aprimorar o serviço destinado para todos  os membros do Sistema Cofen/Coren e para a sociedade como um todo”, destaca.

O Presidente ainda  retratou o histórico de derrotas e vitórias do conselho e destacou, como parte das metas para o fortalecimento do Cofen, a importância do concurso público para suprir uma carência de funcionários na instituição.

Após apresentar o grupo de profissionais responsáveis pela concretização dessa nova fase da cultura organizacional do Cofen, Neri citou a capacitação profissional, em especial nos Seminários Administrativos e no Congresso Brasileiro de Enfermagem (CBCENF), como item fundamental para o crescimento da instituição.

Particularidades relativas às autarquias federais também fizeram parte da pauta. “Estamos sujeitos a todas as normas do serviço público, por isso o conhecimento da Resolução nº 242/2000, regimento interno da instituição, é de extrema importância”, alerta. A Lei 5905/73, responsável pela criação do Cofen, foi mencionada e Neri ressaltou que os Princípios Constitucionais devem ser observados para evitar contratempos maiores.

Outras particularidades do Cofen, como a criação do Museu Nacional de Enfermagem Anna Nery, em Salvador, e a revista científica Enfermagem em Foco, foram mencionados como meios importantes para conhecer um pouco sobre a história da enfermagem.

Além disso, o presidente comentou sobre a mudança da sede para Brasília, ações sociais, como a ONG Anjos da Enfermagem e o apoio à Lei Ficha Limpa e objetivos para o futuro do Cofen. “Os novos parâmetros adotados têm garantido uma série de conquistas. Agora estamos mais próximos de uma normalidade política e institucional”, finaliza.

Novos concursados

Os 33 contratados em concurso público realizado este ano preenchem vagas nas áreas de TI, assistência técnica, divisão de gestão de pessoas, procuradoria geral, secretaria, comunicação, departamento de registro e cadastro, contabilidade e controle interno.

Fonte:
Cofen