13/09/2017

Força-tarefa aponta irregularidades no Hospital 28 de Agosto em Manaus

Falta de profissionais, superlotação e questões trabalhistas estão entre problemas contatados.

Hospital 28 de Agosto (Foto: Jamile Alves/G1 AM)

Membros da Força Nacional de Fiscalização do Conselho Federal de Enfermagem estão em Manaus para vistorias em hospitais no estado, após denúncias de profissionais de enfermagem. Falta de profissionais, superlotação e questões trabalhistas estão entre problemas contatados no Hospital 28 de Agosto, uma das unidades visitadas na segunda-feira (11).

De acordo com a equipe de fiscalização, os profissionais de enfermagem enfrentam excesso de trabalho. Um técnico, por exemplo, estaria cuidando de mais de 20 pacientes por plantão. Sem bebedouros, eles também estão comprando água para terem o que beber.

A superlotação também foi uma das irregularidades encontradas durante a vistoria, de acordo com Michely Filete, coordenadora da fiscalização.

“A gente identificou que com essa superlotação, os pacientes ficam sem identificação e podem receber medicamentos errados”, disse à Rede Amazônica.

O vigilante Alan Vieira está há mais de um mês com a mãe internada no hospital. Ela aguarda por uma cirurgia para amputar parte do pé comprometido pela diabetes, mas ele diz que não tem sido fácil esse tempo no hospital. Falta medicamento, material para curativos, além de problemas de infraestrutura, segundo ele.

Em nota a assessoria de comunicação do Pronto-Socorro 28 de Agosto informou que existem bebedouros em todos os andares do prédio e que a superlotação é decorrente da grande demanda de pacientes. Sobre a falta de local para o descanso das equipes de enfermagem, a informação é que três confortos foram construídos e entregues no ano passado.

Em nota a assessoria de comunicação do Pronto-Socorro 28 de Agosto informou que existem bebedouros em todos os andares do prédio e que a superlotação é decorrente da grande demanda de pacientes. Sobre a falta de local para o descanso das equipes de enfermagem, a informação é que três confortos foram construídos e entregues no ano passado.

<iframe width=”560″ height=”315″ src=”https://www.youtube.com/embed/pLaK86hCSqw?rel=0&amp;controls=0&amp;showinfo=0” frameborder=”0″ allowfullscreen></iframe>

Fonte: G1