15/01/2020

Mestrado Cofen-Capes proporciona estágio na França à aluna da UNIFOR

A enfermeira realizou a defesa de sua dissertação de mestrado durante o estágio, na França, no qual desenvolveu uma tecnologia m-Health - um aplicativo

A enfermeira realizou a defesa de sua dissertação de mestrado durante o estágio, na França, no qual desenvolveu uma tecnologia m-Health – um aplicativo

Aluna do Mestrado Profissional em Tecnologia e Inovação em Enfermagem (MPTIE), da Universidade de Fortaleza (UNIFOR), e contemplada no primeiro edital com o mestrado profissional do Conselho Federal de Enfermagem (Cofen), em parceria com a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), a enfermeira Suzane Vasconcelos realizou estágio no Centro Hospitalar da Universidade de Rouen (CHU-ROUEN), na França, durante dois meses.

O MPTIE possui diversas parcerias internacionais, uma delas é com o Centro Hospitalar Universitário da Universitário de Rouen (CHU-ROUEN), considerado um dos melhores complexos hospitalares da Europa. Para Suzane, a UNIFOR proporciona aos alunos diversas oportunidades, e uma delas é a internacionalização.

“Foi por meio dessa parceria que tive a oportunidade de realizar um estágio na área de Pediatria aqui em Rouen, França. Os dois meses do estágio foram compostos por aulas na Escola de Saúde de Rouen e por práticas em serviço Hospital de Rouen”, detalhou Suzane. Segundo ela, durante o estágio percorreu os setores de Urgência Pediátrica, Cirurgia Pediátrica, Reanimação Cirúrgica, Cuidados Intensivos em Pediatria e Serviço de Clínica Pediátrica.

Suzane Vasconcelos é aluna da UNIFOR e estagiou no Centro Hospitalar da Universidade de Rouen

“A mobilidade acadêmica proporciona aos alunos a experiência de conhecer novas técnicas e, muitas vezes, executar atividades que no seu país de origem não são de competência da profissão, como é o caso da França, onde a Enfermagem desenvolve várias práticas avançadas em saúde que não são realizadas no Brasil”, destacou a mestranda.

A mestranda ressaltou, ainda, a importância do Mestrado Profissional para a qualificação e melhoria na prática, pois ele permite que, através da pesquisa e da cientificidade, é possível alcançar a valorização profissional.

Além de agradecer à UNIFOR, à Escola de Enfermagem de Rouen e à coordenadora do MPTIE, Karla Rolim, Suzane agradeceu, em especial, ao Cofen e à Capes, pela iniciativa e por possibilitar o crescimento profissional dos enfermeiros atuantes no Sistema Público de Saúde (SUS) e, consequentemente, a qualificação da Enfermagem brasileira.

Suzane apresentou aos profissionais do hospital seu produto final da dissertação do mestrado, um aplicativo que busca conduzir e orientar os enfermeiros na realização da visita domiciliar ao recém-nascido com base na Sistematização da Assistência de Enfermagem (SAE). O produto foi desenvolvido com o apoio do Núcleo de Aplicação em Tecnologia da Informação (NATI), da UNIFOR.

Mestrado Cofen/Capes – Por meio de parceria com a Capes, o Cofen financia a criação e expansão de programas de mestrados profissionais, com foco na Sistematização da Assistência e na Implementação do Processo de Enfermagem. O programa vai formar 500 profissionais ao longo de quatro anos, por meio de financiamento a programas de mestrado nas universidades selecionadas pela Capes.

Com o projeto, o Cofen almeja reduzir o descompasso entre a mão-de-obra qualificada existente e as necessidades da Saúde Coletiva, fortalecendo o Sistema Único de Saúde (SUS). O projeto tem foco na Sistematização da Assistência e na Implementação do Processo de Enfermagem. É voltado para enfermeiros com vínculo empregatício em estabelecimentos assistenciais de saúde da rede pública municipal, estadual e federal, e também nas instituições privadas e filantrópicas que prestem serviços ao SUS.

Fonte: Ascom - Cofen