13/11/2019

Ministério da Saúde abre consulta pública sobre TDAH

Pacientes, associações, profissionais de saúde podem contribuir, até 25 de novembro, com a elaboração do documento que orientará o diagnóstico e o tratamento para a doença

Está aberta, até 25 de novembro, a consulta pública do Ministério da Saúde sobre a proposta de escopo do Protocolo Clínico e Diretrizes Terapêuticas (PCDT) para Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH).A Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no Sistema Único de Saúde (Conitec) ouvir sugestões e opiniões da sociedade para elaboração do documento que irá estabelecer critérios para o diagnóstico e para a inclusão dos pacientes neste tratamento. Leia a íntegra a proposta.

TDAH – O Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade é o tipo de transtorno do neurodesenvolvimento mais comum na infância, embora também possa estar presente na idade adulta. O TDAH se caracteriza por uma tríade de sintomas: hiperatividade (dificuldade em ficar quieta, sentada ou calada); impulsividade (dificuldade em controlar seus impulsos e tende a ser impaciente) e déficit de atenção (dificuldade em completar as tarefas propostas, pode ser desorganizada e distraída).

Estima-se que o transtorno afete de 5% a 7% das crianças e adolescentes e a prevalência é maior entre meninos. Os primeiros sinais normalmente são observados na fase escolar.

 

Fonte: Ascom - Cofen, com informações do Ministério da Saúde