07/06/2011

Ministério da Saúde e Anvisa divulgam informações sobre surto por bactéria E. Coli

O Ministério da Saúde e a Anvisa divulgaram nesta sexta-feira (3/6) uma nota técnica com esclarecimentos sobre o surto por bactéria Escherichia coli (E. coli) ocorrido na Europa.

O Ministério da Saúde e a Anvisa divulgaram nesta sexta-feira (3/6) uma nota técnica com esclarecimentos sobre o surto por bactéria Escherichia coli (E. coli) ocorrido na Europa. Além disso, o Ministério da Saúde divulgou orientações sobre o procedimento a ser adotado em caso de suspeita de infecção.
Profissionais de saúde devem estar atentos a pacientes com histórico de viagem internacional nos últimos 30 dias que tenham diarreia com sangue.


Nos casos suspeitos, é contraindicado o tratamento com antibióticos e antidiarreicos, medicamentos que podem agravar o quadro do paciente. O tratamento recomendado restringe-se à hidratação e a medidas de suporte necessárias, conforme avaliação médica.


Segundo nota da Secretaria de Vigilância em Saúde, o serviço de saúde deverá coletar amostra de fezes do caso suspeito e encaminhá-la para a vigilância epidemiológica municipal ou estadual. As autoridades locais de saúde (Secretarias Estaduais e Municipais), além do próprio Ministério da Saúde, devem ser notificadas do caso por telefone em até 24 horas para que a investigação epidemiológica comece.


Para os viajantes que estejam se dirigindo à Alemanha, é recomendado que se evite o consumo de produtos de origem animal e de vegetais crus, até que a origem do surto seja confirmada. Além disso, os viajantes devem estar atentos a outras recomendações das autoridades alemãs.