07/07/2020

Pesquisadores realizam estudo sobre distúrbios de olfato em profissionais

Todos os profissionais de saúde podem responder ao questionário online

A pesquisa “Distúrbios de olfato em profissionais de saúde infectado pelo SARS-CoV-2” está sendo desenvolvida por pesquisadores da Universidade de São Paulo (USP) e Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). O objetivo do estudo é avaliar a prevalência de distúrbios de olfato e paladar em profissionais da área de saúde atuantes no atendimento de pacientes internados com suspeita ou confirmação de COVID-19.

Segundo os pesquisadores, estes profissionais formam um grupo que apresenta maior risco de ser infectado pelo novo coronavírus e poderão contribuir para o entendimento da relação desta doença com sintomas de distúrbios olfatórios.

Para participar basta responder ao questionário online. Todos os profissionais de saúde podem responder a pesquisa, tanto os que tiveram COVID-19 e os que não tiveram.

Acesse o questionário.

Fonte: Ascom - Cofen