13/12/2018

Programa Nacional de Qualidade certifica 1º hospital do SUS

Programa constatou a qualidade da assistência do Hospital Público Estadual Galileu, no Pará

Avaliação ocorreu nos dias 11 e 12 de dezembro

O Hospital Público Estadual Galileu (HPEG) recebeu a visita do Programa Nacional de Qualidade (PNQ) do Sistema Cofen/Conselhos Regionais, em Belém, nos dias 11 e 12 de dezembro, para avaliar as práticas assistenciais prestadas pela equipe de Enfermagem do hospital. O programa constatou a excelência na prestação dos serviços de Enfermagem, o que garantiu que a unidade se tornasse o primeiro hospital do SUS a ter a Enfermagem certificada pela Programa Nacional de Qualidade.

O diretor do HPEG, Saulo Mengarda, falou sobre o desafio de receber a visita do PNQ, que é novo no país e traz uma metodologia de avaliação diferenciada. “É muito bom ser reconhecido, ainda mais no status de primeiro Hospital do SUS do Brasil a receber essa certificação para a equipe de Enfermagem, pois mostra uma inovação e que não tivemos medo de encarar o desafio. Continuaremos atentos para melhorar cada vez mais”, declarou.

Foi a partir da necessidade de avaliar, além das instituições, o desempenho, boas práticas e investimento na qualificação dos profissionais que atuam na assistência de Enfermagem dos hospitais do país, que o Cofen instituiu o Programa Nacional de Qualidade (PNQ).

“É um programa novo no Brasil e no mundo quando se pensa em um projeto que é dirigido ao profissional, que é o ator do processo”, explicou o coordenador do Programa Nacional de Qualidade e assessor da Presidência do Cofen, Cláudio Porto, que parabenizou o trabalho desenvolvido na unidade. “O Hospital Galileu mostra que com um processo de gestão qualificado e bem conduzido é possível uma assistência SUS de qualidade”, ressaltou.

O HPEG é gerido pela Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar, sob contrato de gestão com a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa). Inaugurado em 2014, o hospital presta assistência em traumato-ortopedia, clínica médica e cardiologia, e é reconhecido por ser ó único hospital público da região norte a oferecer a cirurgia de reconstrução e alongamento ósseo.

A diretora assistencial do hospital, Daniela Castro, destacou o investimento e esforço que a unidade dedica a capacitação contínua dos seus colaboradores como um diferencial. “Temos estruturado o Hospital Galileu como uma unidade que apoia os recém-formados e também quem já está no mercado para se reciclar e desenvolver. O nosso objetivo é incentivar a equipe assistencial a buscar sempre a melhoria”, explicou.

A gestão da Pró-Saúde a frente do hospital e o investimento contínuo na capacitação dos profissionais foi reconhecido também pela presidente do Conselho Regional de Enfermagem do Pará (Coren-PA), Danielle Rocha, que ressaltou a conquista do Hospital Yutaka Takeda, em Parauapebas-PA – também gerido pela Pró-Sáude – que foi o primeiro hospital certificado pelo PNQ. “Dois hospitais do norte do país serem certificados pela excelência do cuidado que a Enfermagem presta é uma alegria muito grande”, concluiu a presidente do Coren-PA.

 

Fonte: Ascom/Cofen