30/11/2022

Valorização de carreira da Enfermagem foi tema do 13º Congresso de Saúde Coletiva

Mesa redonda discutiu políticas de RH como estratégia de enfretamento da precarização do trabalho

13º Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva ocorreu em Salvador

A necessidade de valorizar a carreira da Enfermagem e discutir o problema da precarização do trabalho foi discutida no 13º Congresso de Saúde Coletiva, realizado na semana passada, em Salvador (BA). A mesa redonda “Gestão do Trabalho e a construção de uma política integrada de pessoal da saúde para o SUS” abordou o tema.

Com a participação do coordenador do Grupo de Trabalho do Observatório de Enfermagem do Conselho Federal de Enfermagem (Cofen), Carlos Cunha, além dos professores e pesquisadores Francisco Campos e Wagner Campos, o painel defendeu a realização de concurso público urgente para repor perdas de força de trabalho no SUS, além de dirimir as vulnerabilidades às quais o profissional da Enfermagem está sujeito em meio às reformas Trabalhista e Previdenciária.

“É necessária a construção de política integrada de pessoal no SUS, além da reposição de quadros mediante concurso e o fortalecimento de planos de carreira. Valorizar o profissional de Enfermagem é respeitar o usuário do sistema de saúde”, afirmou Carlos Cunha.

Com tema Saúde é democracia: diversidade, equidade e justiça social, o 13º Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva foi uma iniciativa da Associação Brasileira de Saúde Coletiva (Abrasco) e ocorreu de 21 a 24 de novembro no Centro de Convenções Salvador (CCS).

Fonte: Ascom - Cofen