22/07/2021

Comitê realiza inspeções para o 23° CBCENF em Florianópolis

Evento será realizado de forma híbrida com transmissão para inscritos de todo o Brasil

Representantes do Cofen debateram critérios para garantir as regras e cuidados no evento

Nesta quarta e quinta-feira (21 e 22) os integrantes do Comitê Gestor de Crise Covid-19 do Cofen, o coordenador Eduardo Fernando de Souza e Walkirio Costa, estiveram em Florianópolis para o alinhamento técnico do Plano de Contingência do 23° Congresso Brasileiro dos Conselhos de Enfermagem (CBCENF). Foram realizadas reuniões com as autoridades sanitárias  do estado e de Florianópolis, além de uma visita técnica ao local do evento, o Centro de Convenções Centrosul. A presidente em exercício do Coren-SC, Maristela Assumpção, participou dos encontros.

Com o tema “Protagonismo e inovação na Enfermagem: Cuidado, transdisciplinaridade e politização”, o evento será realizado de forma híbrida com transmissão para inscritos de todo o Brasil, de 27 a 30 de setembro de 2021. As atividades presenciais serão restritas aos colaboradores dos conselhos de Enfermagem. “Nossa preocupação é com a saúde de todos, por isso montamos um plano de contingência que está sendo aprimorado com estas visitas e poderemos realizar um congresso que entrará na história do sistema pela singularidade do momento em que vivemos. O controle da situação em Florianópolis e no estado de Santa Catarina nos permitiu essa troca do local do evento, mas temos como responsabilidade garantir que tenhamos um rígido controle para minimizar qualquer impacto em relação à pandemia”, explicou Eduardo.

No dia 21, em conversa com a diretora de Vigilância Sanitária de Florianópolis, Priscilla Valler, os representantes do Cofen detalharam os critérios necessários para garantir as regras e cuidados no evento. “Com um público vacinado, testagem e a implementação de protocolos sanitários, acreditamos que o evento poderá ser realizado com tranquilidade”, disse ela, que encaminhará o plano, depois de aprovado pelo comitê e pela presidência do Cofen, à Comissão Intergestores Regional (CIR). Na mesma data, a comitiva fez uma visita ao Centro de Convenções Centrosul e uma reunião com o diretor do local, Leonardo Vieira, que mostrou todos os ambientes e detalhou todas as possibilidades de uso dos espaços dentro das demandas de distanciamento, controle de temperatura, uso de álcool gel e áreas para testagem no credenciamento.

Por último, na manhã do dia 22, foi realizada uma reunião com o superintendente em Vigilância de Saúde, Eduardo Macário, que esclareceu todos os aspectos técnicos necessários para que sejam cumpridas as regras do decreto estadual a respeito da realização de eventos. Ele abriu a possibilidade de diálogo com o Comitê Gestor para aperfeiçoar os protocolos e realizar uma parceria com o estado. “Sabemos que a Enfermagem é a categoria mais preocupada com o enfrentamento à pandemia, por isso temos certeza que os regramentos serão cumpridos para garantir a segurança do evento”, disse Macário.

A presidente do Coren-SC ressaltou que todos os processos e atividades pré evento, assim como durante e pós evento terão apoio do regional e ainda lembrou a importância da parceria da entidade com o município e com o estado, permitindo essa abertura para que tenhamos um congresso de sucesso. “O objetivo é permitir que as atividades presenciais deem respaldo para que toda a programação virtual também possa ser bem aproveitada pelos quase dez mil participantes que já estão inscritos”, disse Maristela.

Fonte: Coren-SC