09/02/2021

Conselhos de Enfermagem realizam operação de fiscalização em Rondônia

Serão 46 unidades fiscalizadas na capital e no interior do estado de Rondônia no período de 08 a 12 de fevereiro

Até o descarte do lixo é observado pelos fiscais

Teve início nesta segunda-feira (8), uma mega operação de fiscalização coordenada pelo Conselho Regional de Enfermagem de Rondônia (Coren-RO), em parceria com a Força Nacional de Fiscalização (FNFIS) do Conselho Federal de Enfermagem (Cofen). A ação, que conta com a presença de 13 fiscais e 11 conselheiros regionais, está verificando questões relacionadas às condições de assistência de enfermagem que impactam diretamente na saúde da população.

Serão 46 unidades fiscalizadas na capital e no interior do estado de Rondônia no período de 08 a 12 de fevereiro. Os fiscais estão verificando questões relacionadas ao exercício profissional, incluindo condições de trabalho – aspectos técnicos e de segurança, identificação do exercício ilegal/irregular da enfermagem, dimensionamento adequado de profissionais atuantes no combate à Covid-19, além de avaliar a organização do serviço de enfermagem.

Também estão inclusas as condições de descanso, Equipamentos de Proteção Individual (EPI), em quantidade e qualidade satisfatória para a proteção da equipe de enfermagem, como também manutenção do afastamento do grupo de risco e disponibilização de vacina aos profissionais de enfermagem da linha de frente.

Atuam no estado de Rondônia mais de 18 mil profissionais de Enfermagem, sendo 4.645 enfermeiros, 11.236 técnicos e 2.750 auxiliares. Dados do observatório da Enfermagem mostram que 553 profissionais de Enfermagem morreram vítimas da Covid-19, destes, 25 são de Rondônia.

Fonte: Coren-RO