05/07/2017

Coren-RS e Cofen conhecem Centro Obstétrico do Hospital Conceição

Conselheiro federal Vencelau destacou a importância do novo Centro Obstétrico no processo de empoderamento e autonomia da Enfermagem.

Visita ao Centro Obstétrico (CO) do Hospital Conceição, em Porto Alegre

O Conselho Regional de Enfermagem do Rio Grande do Sul (Coren-RS) e o Conselho Federal de Enfermagem (Cofen) conheceram, na quinta-feira (29/06), o novo Centro Obstétrico (CO) do Hospital Conceição, em Porto Alegre. A unidade, que está pronta e deve ser inaugurada em breve, realizará 4 mil partos humanizados por ano.

O Coren-RS foi representado pelo presidente, Daniel Menezes de Souza, pela coordenadora do Departamento de Fiscalização (Defisc), Cláudia Mastrascusa, pelo coordenador adjunto do Defisc, Lúcio de Camargo, e por Mariene Jaeger Riffel e Luciane da Silva, da Câmara Técnica de Saúde da Mulher. Pelo Cofen, estavam os conselheiros federais Vencelau Pantoja e Orlene Veloso Dias.

O grupo foi recebido pela enfermeira Lisete Ambrosi, coordenadora da Linha de Cuidado Mãe-Bebê do hospital, e parte da equipe de Enfermagem. Eles percorreram as instalações do CO e obtiveram informações sobre o processo de adaptação da unidade.

O Hospital Conceição é referência no Rio Grande do Sul na assistência ao parto por enfermeiras obstétricas. Atualmente, 25% dos partos da instituição são assistidos por essas profissionais. O CO tem, hoje, 12 enfermeiras obstétricas, e esse número deve aumentar. “A equipe de Enfermagem está muito feliz com essa grande conquista do novo CO. O nosso objetivo maior é proporcionar às mulheres um bom trabalho de parto”, afirma Lisete.

O conselheiro federal Vencelau destacou a importância da nova unidade no processo de empoderamento e autonomia da Enfermagem. “Que essa iniciativa contagie os gestores e profissionais do resto do estado e do país”, disse.

O Hospital Conceição é referência no Rio Grande do Sul na assistência ao parto por enfermeiras obstétricas

Reestruturação completa – A reforma do antigo CO do Hospital Conceição começou em 2016. A reformulação do processo de atendimento das gestantes e bebês foi realizada para adequar os ambientes às mudanças no modelo de atenção previstas pela Rede Cegonha, do Ministério da Saúde. O novo CO conta com salas PPP (pré-parto, parto e pós-parto) que oportunizam a privacidade e o conforto da mulher e do acompanhante de sua escolha durante todo o trabalho de parto e o parto.

O CO tem salas individualizadas, com banheiro e espaço para a deambulação, disponibilizando privacidade e conforto para as pacientes e familiares e melhores condições de trabalho para a equipe de profissionais.

Serão contempladas boas práticas preconizadas pela Organização Mundial de Saúde (OMS) e pelo Ministério da Saúde, como a privacidade das mulheres em atendimento, ambiente agradável, com a diminuição da luminosidade, e a presença do acompanhante em tempo integral. “Teremos o atendimento qualificado e humanizado com uma assistência baseada em evidências científicas”, ressalta Lisete.

Fonte: Coren - RS