15/07/2020

Enfermagem do Paraná em luto pela 6ª perda por covid-19

Mônica Alencar Lunardon, Cátia de Melo e Sueli Terezinha de Lima Padilha se somam a outros quatro profissionais que perderam a vida para o coronavírus

O Paraná registrou nos últimos dias mais três mortes de profissionais de enfermagem em decorrência da covid-19, motivo de grande tristeza para toda categoria e para o Conselho de Enfermagem do Paraná. Mônica Alencar Lunardon, 35 anos, auxiliar de enfermagem, Cátia de Melo, 41 anos, técnica de enfermagem, e Sueli Terezinha de Lima Padilha, 53 anos, técnica de enfermagem, se somam a outros quatro profissionais que perderam a vida para o coronavírus no estado

No Observatório da Enfermagem, criado pelo Conselho Federal (Cofen) para monitorar a contaminação e morte de profissionais da área pela covid-19, já foram registrados 23.996 casos e 249 óbitos em todo país. No Paraná, são 259 casos reportados e seis mortes em decorrência da contaminação pelo coronavírus.

“Na linha de frente de enfrentamento da pandemia, a enfermagem está mais exposta à contaminação por atuar nas 24 horas de assistência direta aos pacientes. Por isso, é fundamental investir e capacitar nossos colegas para essa doença, que até a presente data não tem vacina ou tratamento conhecido. Reforçamos a necessidade de que os serviços de saúde mantenham seus planos de contingência atualizados, bem como os socializem de forma efetiva junto aos trabalhadores dos serviços de saúde”, recomenda a presidente do Coren/PR, enfermeira Simone Peruzzo.

O sistema Cofen/Conselhos Regionais de Enfermagem está oferecendo cursos gratuitos para o treinamento dos profissionais de todo país. Em parceria com a Universidade Federal de Santa Catarina, estão abertas inscrições para 300 mil profissionais, inclusive alunos do último ano de graduação e do curso técnico. Os cursos, na modalidade EAD, abordam medidas de biossegurança e cuidados intensivos em relação à covid-19, são gratuitos e dirigidos às três categorias – enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem. As inscrições devem ser feitas neste link: https://atualizaenfermagemcovid19.ufsc.br/

Além disso, em parceria com a Secretaria de Estado da Saúde e outras instituições representativas da saúde, estão sendo capacitadas equipes dos hospitais com Unidade de Terapia Intensiva para covid-19. Por meio do Programa Coren Atualiza, está previsto também a capacitação no Atendimento de Emergência na Unidade Básica de Saúde para Síndromes Respiratórias. “Utilizamos a palavra previstos pois dependemos do curso da pandemia e decretos estabelecidos. Ambas as capacitações exigem atuação presencial”, esclarece a presidente do Coren/PR.

EPI – Para apoiar os serviços que têm dificuldades em adquirir máscaras para as equipes de enfermagem, o Sistema Cofen/Conselhos Regionais de Enfermagem está enviando aos estados lotes de máscaras N95 para serem distribuídas de acordo com a necessidade das equipes de enfermagem.

O Coren/PR já entregou 360 unidades para a prefeitura de Rio Branco do Sul, 480 unidades para o Hospital São Vicente de Paulo, de Guarapuava e 500 unidades para a Santa Casa de Cornélio Procópio. A responsabilidade por solicitar os EPI ao Conselho é dos Enfermeiros Responsáveis Técnicos, que devem entrar em contato com o Coren/PR por meio da Ouvidoria – https://corenpr.gov.br/portal/ouvidoria

FISCALIZAÇÕES – A prioridade das equipes de enfermeiros fiscais neste momento de pandemia é a verificação de denúncias referentes à covid-19. Em junho, 148 instituições de saúde foram inspecionadas e 84 denúncias apuradas. Quando necessário, o Coren/PR notifica o Ministério Público do Trabalho, Ministério Público do Paraná, Vigilância Sanitária e demais órgãos de controle.

O Coren/PR reforça que é importante atender a recomendação quanto aos profissionais considerados de risco, como acima de 60 anos, com doenças crônicas descompensadas, gestantes e lactantes, por exemplo, que sejam afastados da assistência direta a pacientes suspeitos ou contaminados pelo coronavírus.

ENFERMAGEM SOLIDÁRIA – “A pandemia impôs à sociedade, e principalmente aos trabalhadores da saúde, o enfrentamento do inimigo invisível, sem vacina ou tratamento, fatores capazes de gerar sentimentos como a angústia e o medo de contaminar a nós ou nossos familiares. Sabedores que a categoria está temerosa, reforçamos que o Coren/PR está ao lado dos profissionais oferecendo o Acolhimento Solidário, disponível nas 24 horas do dia por chat, que conta com a participação de mais de 150 Enfermeiros Voluntários especializados em Saúde Mental”, reforça a presidente do Coren/PR.

O serviço Enfermagem Solidária pode ser acessado por este link: https://juntoscontracoronavirus.com.br/

Enfermagem em Luto

Valdirene Aparecida Ferreira dos Santos – Técnica de Enfermagem
27/10/1980 – 25/04/2020

Carla Priscila Chaikoski – Técnica de Enfermagem
08/03/1990 – 20/06/2020

Jair Dionízio dos Santos – Técnico de Enfermagem
11/03/1968 – 03/07/2020

Adelmo Azevedo da Cruz – Técnico de Enfermagem
28/01/1968 – 06/07/2020

Mônica Alencar Lunardon – Auxiliar e Técnica de Enfermagem
26/08/1985 – 10/07/2020

Cátia de Melo – Técnica de Enfermagem
28/01/1979 – 11/07/2020

Sueli Terezinha de Lima Padilha – Técnica de Enfermagem
27/10/1966 – 13/07/2020

O Conselho de Enfermagem do Paraná se une às famílias, amigos e a toda categoria no reconhecimento do grande valor e dedicação dos profissionais que foram vencidos pela covid-19. Nossa homenagem e solidariedade a quem perdeu a própria vida exercendo a arte e ciência do cuidar.

Fonte: Coren-PR