27/01/2022

Equipe de Resposta Rápida recebe homenagem pela atuação nas enchentes

Profissionais que atuaram nos estados da Bahia e de Minas Gerais durante as enchentes recebem homenagem do Cofen

Integrantes da Equipe de Resposta Rápida do Cofen

Muitos estavam de recesso, ao lado da família. Ao saberem da tragédia anunciada, os integrantes da Equipe de Resposta Rápida do Conselho Federal de Enfermagem (Cofen) se mobilizaram pelas vítimas e profissionais de saúde atingidos pelas enchentes na Bahia e em Minas Gerais. A realidade foi a mesma em ambos os estados, com inúmeras vítimas e muitos desabrigados. Pessoas que perderam o pouco que tinham: casas, colegas e familiares. Como resultado do trabalho, o grupo foi homenageado e aplaudido nesta quinta-feira, 27 de janeiro, por todo o plenário do Cofen, em Brasília.

“Tenho um imenso orgulho dos meus colegas, conselheiros e colaboradores que deixaram suas casas e partiram para locais de extrema necessidade. Atenderam dentro das residências, cobertos de muita lama, água até o topo das casas, e muitos desabrigados”, emocionou-se a presidente do Cofen, Betânia Santos.

Na região sul da Bahia, fortemente afetada pelas chuvas, foi realizada a entrega de quase 1.500 donativos após 9 dias de trabalho. Ao todo, foram 164 profissionais de Enfermagem assistidos, 49 desabrigados e 6 municípios visitados. O grupo atuou diretamente com o Conselho Regional da Bahia (Coren-BA) para fortalecer a assistência em Enfermagem prestada na região e oferecer auxílio técnico às ações dos órgãos governamentais baianos.

Emocionada, presidente do Cofen ressaltou importância do trabalho do grupo

Para a presidente do Coren-BA, Giszele Paixão, a atuação integrada entre a Equipe de Resposta Rápida e o Regional é a tradução de um sistema fortalecido e preparado para oferecer assistência adequada aos profissionais. “Através do nosso trabalho, foi possível atender cada enfermeiro, técnico e auxiliar dentro de sua especificidade, mostrando para a categoria o nosso olhar atento”, afirmou.

Com o objetivo de mapear os profissionais afetados pelas enchentes, o Cofen e o Coren-BA chegaram a lançar formulário para que enfermeiros, técnicos e auxiliares atingidos fossem identificados e tivessem suas necessidades avaliadas. Na véspera de Ano Novo, em um trabalho conjunto com a ONG Ação da Cidadania, fundada pelo sociólogo Herbert de Souza, foi realizada a doação de 100 cestas básicas aos profissionais de Enfermagem atingidos.

“Foram dias tristes, mas de muito aprendizado. Lembro que cheguei com cestas básicas para a equipe de Enfermagem e, para a minha surpresa, o colega cedeu para a vizinha, que estava em uma situação precária e havia perdido tudo. Tenho orgulho e gratidão por ter participado dessa ação,” agradeceu o coordenador da Equipe de Resposta Rápida, Eduardo Fernando de Souza.

Diretoria do Coren-BA prestigiou a homenagem

“Foi uma experiência única. Percebemos que a Enfermagem está em nossas veias. Fomos os olhos e o coração da diretoria do Cofen durante todos estes dias. Muitos choraram de gratidão ao nos receber. Que a equipe nunca perca esse olhar. Tenho orgulho em representar a nossa categoria,” comentou o enfermeiro, técnico de Enfermagem, médico e vereador de Duque de Caxias (RJ), Paulo Afonso de Souza, que participou das operações.

Com o avanço das fortes chuvas em Minas Gerais, a Equipe de Resposta Rápida foi novamente convocada. Durante a permanência do grupo no estado, mais de 380 profissionais foram identificados. “Saber que estão prontos em qualquer hora e qualquer dia é o sentimento da Enfermagem. Temos orgulho em fazer parte do Cofen e da equipe. Presenciei atos de bravura em diversos momentos,” disse o enfermeiro Silvio Queiroz, emocionado.

Wilton Patrício, conselheiro federal e integrante do grupo, emocionou-se ao lembrar dos feitos. “Choramos por presenciar tanta tristeza e dificuldade. Não pensava em sair de lá deixando algum profissional em situação de vulnerabilidade. Desempenhamos a tarefa com amor e carinho por todos que encontramos. Agradeço pela missão. É melhor ajudar do que ser ajudado. Jamais esquecerei essa missão”, declarou.

 

 

Fonte: Ascom - Cofen