06/06/2020

OMS divulga novas orientações para uso e fabricação de máscaras contra Covid-19

Entidade recomenda que todos usem máscaras em áreas onde o distanciamento social não é possível. Uso da máscara não dispensa, entretanto, outras medidas de saúde pública, como o distanciamento social

A Organização Mundial de Saúde (OMS) divulgou, nesta sexta-feira (5), novas orientações para uso e fabricação de máscaras de pano para proteção contra a Covid-19, a doença causada pelo novo coronavírus.

A entidade ampliou as circunstâncias em que as máscaras devem ser usadas e detalhou os materiais que funcionam melhor para conter a disseminação da doença.

As novas recomendações são:

  • O uso de máscaras por todas as pessoas onde houver transmissão ampla da doença e em situações em que o distanciamento social não é possível, como no transporte público;
  • Em áreas com transmissão comunitária, a recomendação é que pessoas com 60 anos ou mais ou com doenças pré-existentes usem máscara médica em situações em que o distanciamento físico não é possível;
  • Em áreas com ampla transmissão, a OMS aconselha máscaras médicas para todas as pessoas que trabalham nas áreas clínicas de uma unidade de saúde, não apenas para os trabalhadores que lidam com pacientes com Covid-19.

“Isso significa, por exemplo, que quando um médico faz uma consulta nas unidades de cardiologia ou de cuidados paliativos onde não há pacientes confirmados com Covid-19, eles ainda devem usar uma máscara médica”, explicou o diretor-geral da organização, Tedros Adhanom Ghebreyesus.

A líder técnica da OMS, Maria van Kerkhove, também lembrou da importância do uso de acessórios especiais, como respiradores, para profissionais de saúde que estejam próximos a procedimentos que gerem aerossóis (pequenas gotículas de saliva no ar).

As recomendações anteriores da entidade continuam valendo:

  • Pessoas doentes com sintomas da Covid-19 devem permanecer em casa e consultar um médico;
    Pessoas com diagnóstico confirmado de Covid-19 devem ser isoladas e tratadas em uma unidade de saúde, e seus contatos devem ser colocados em quarentena;
  • Se for absolutamente necessário que uma pessoa doente ou alguém que teve contato com ela saia de casa, eles devem usar uma máscara médica;
  • Pessoas que cuidam de uma pessoa infectada em casa devem usar uma máscara médica enquanto estiverem no mesmo cômodo que a pessoa doente;
  • Profissionais de saúde devem usar máscaras médicas e outros equipamentos de proteção ao lidar com pacientes suspeitos ou confirmados de Covid-19.

Confira a matéria completa e o vídeo da reportagem.

Fonte: G1