19/01/2022

Cofen visita a Escola Superior de Bombeiros

O encontro, na unidade de Franco da Rocha/SP, discutiu abordagem segura e humanizada do tema suicídio

Cofen visitou a ESB de Franco Rocha esta semana

As Comissões de Urgência e Emergência, Saúde Mental e Enfermagem Militar do Conselho Federal de Enfermagem participaram, da segunda-feira (17/01), de  reunião técnica com a Divisão de Ensino da Escola Superior de Bombeiros (ESB) sobre a Abordagem Humanizada à Tentativa de Suicídio. Com o objetivo de somar esforços para discussão sobre o tema específico e proporcionar aos profissionais de Enfermagem condições adequadas para realizar uma abordagem segura e humanizada ao tentante.

Estiveram presentes na reunião o coordenador da Comissão Nacional de Urgência e Emergência, Eduardo Fernando; o conselheiro federal e coordenador da Comissão Nacional de Enfermagem Militar, Wilton Patrício e as integrantes da Comissão Nacional de Urgência e Emergência Marisa Amaro e Maria Mota.

De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), cerca de 800 mil pessoas morrem por suicídio todos os anos no mundo. O suicídio é a segunda principal causa de morte entre jovens com idade entre 15 e 29 anos. Nove em cada dez pessoas que tiram suas vidas podem ser evitadas. A OMS indica ainda que 32 pessoas se matam por dia no Brasil.

Atualmente, o suicídio e a tentativa de suicídio são problemas de Saúde Pública, cercados de mitos e estigmas que, na área de cuidado em saúde, dificultam o acesso e adesão a tratamentos. Alguns fatores de risco podem ser objetos de políticas públicas e intervenções.

Fonte: Ascom - Cofen