11/02/2020

Departamento de Enfermagem da UFF receberá Coren-RJ Móvel

Universidade Federal Fluminense receberá o Coren-RJ Móvel a partir do dia 13 de fevereiro

Universidade receberá o Coren-RJ

Em visita técnica ao Instituto de Humanidades e Saúde, no Departamento de Enfermagem do Campus de Rio das Ostras da Universidade Federal Fluminense (UFF/CURO), a conselheira coordenadora do Programa Coren-RJ Móvel, Olguimar Dias, e a diretora primeira-tesoureira da autarquia, Maria Lucia Machado, foram recebidas pela professora Sandra Maria Chaves, chefe do Departamento de Enfermagem (REN). Instituto recebe, no próximo dia 13 de fevereiro, o Coren-RJ Móvel, e terá à frente do atendimento aos profissionais o conselheiro Marcelo Mendonça e o assessor Ilton Marcio.

As conselheiras parabenizaram pelo sucesso do trabalho que a instituição está desenvolvendo na região, com relação à consulta de Enfermagem, no consultório de Enfermagem Érick Igor dos Santos – UFF/CURO. Uma inovação na academia que está influenciando muito a valorização e autonomia do profissional de Enfermagem do Rio de Janeiro.

Localizado no piso superior do Instituto, os professores realizam as Consultas de Enfermagem, voltadas para o público interno, composto por funcionários e estudantes dos cursos de graduação em Psicologia, Enfermagem, Serviço Social e Produção Cultural, Engenharia de Produção e Ciências da Computação. Também conta com o serviço das Consultas de Enfermagem a comunidade extramuros da UFF, proporcionando atendimento quinzenal ao grupo “Gestante de Vida: espaço de empoderamento feminino”.

Para a atual chefe do Departamento de Enfermagem, professora Sandra Chaves, o Consultório de Enfermagem é o resultado de uma longa história de lutas. Hoje, conta com uma pequena estrutura bem organizada, incluindo uma sala de exames. Porém, ainda precisa de investimento para a manutenção e aquisição de equipamentos.

Sob o ponto de vista acadêmico, o Consultório de Enfermagem proporciona campo de ensino prático para oito disciplinas. Possui projetos de ensino, pesquisa e extensão vinculados, além de monitoria, incluindo o projeto PET Enfermagem. Um incentivo ao avanço na autonomia do futuro profissional enfermeiro.

Fonte: Coren-RJ