01/04/2016

Enfermeira Eva Chiavon assume chefia da Casa Civil

Cargo, estratégico na articulação do governo, é o mais alto ocupado por profissional de Enfermagem
Eva

Enfermeira Eva Chiavon, ministra substituta da Casa Civil

O Conselho Federal de Enfermagem parabeniza a enfermeira Eva Chiavon e deseja sucesso na condução da Casa Civil. Eva assumiu como ministra interina em meio ao impasse sobre a nomeação do presidente Lula (2002-2014), sucedendo Jacques Wagner, até que o Supremo Tribunal Federal (STF) decida sobre a legalidade da nomeação de Lula.

O cargo, considerado o mais importante da Esplanada dos Ministérios, é estratégico para a re-articulação política do governo.

Com longa trajetória gerencial na gestão pública, Eva foi a primeira mulher a ocupar a secretaria-executiva do Ministério da Defesa, e já comandou também a secretaria-executiva do Ministério do Planejamento e a Casa Civil da Bahia. É graduada em Enfermagem e Obstetrícia, tem especialização em Saúde Pública e formação em Planejamento Estratégico Público Participativo. Natural de Chapecó, no interior de Santa Catarina, tem 55 anos.

Fonte: Ascom - Cofen