27/09/2018

Lançamento da campanha de doação de órgãos tem participação do Cofen

Segundo dados apresentados na cerimônia, Brasil aumentou a doação de órgãos e bateu recorde em transplantes

O lançamento da Campanha de Incentivo a Doação de Órgãos e Tecidos, promovido pelo Ministério da Saúde nesta quinta-feira (27), em Brasília, reforça a mobilização junto à sociedade civil, com o intuito de orientar os familiares sobre os procedimentos que envolvam a doação de órgãos e tecidos.

A enfermeira chefe da Divisão de Fiscalização do Exercício Profissional do Conselho Federal de Enfermagem, Michely Filete, representou o Cofen na cerimônia, em que também foi apresentado o balanço sobre a doação de órgãos, tecidos e células, e transplantes realizados no país no primeiro semestre de 2018 em comparação ao mesmo período de 2017. Os números apontam crescimento de 7% na quantia de doadores efetivos de órgãos, passando de 1.653 para 1.765.

Realizando projeção do número de transplantes com base no primeiro semestre deste ano, o aumento na doação de órgãos permitirá alcançar recorde nos transplantes de fígado (2.222), pulmão (130) e coração (382) até o final de 2018. Ainda segundo a projeção, os transplantes de medula óssea também alcançarão seu maior número na série histórica (2.684). O Brasil deve fechar 2018 com taxa de 17 doadores efetivos por milhão da população (PMP), ultrapassando a meta do Plano Plurianual do Ministério da Saúde, que prevê o alcance de 15 doadores efetivos PMP para este ano. Em números absolutos, o país deve contar com 3.530 doadores efetivos, batendo recorde da série histórica dos últimos cinco anos.

Em 2018, o país deve realizar 26.400 transplantes. Desse total, 8.690 serão órgãos sólidos (coração, fígado, pâncreas, pulmão, rim e pâncreas rim), registrando recorde em comparação aos últimos oito anos.

Estes resultados reforçam a importância da União, estados e municípios de investirem cada vez mais em ações de conscientização da população, com destaque aos familiares e profissionais de saúde, sobre a importância da doação de órgãos para a realização dos transplantes, salvando mais vidas.

Mais sobre a Campanha –  A campanha do Ministério da Saúde de incentivo à doação de órgãos deste ano traz o slogan “Espalhe Amor. Doe Órgãos”. O objetivo é mostrar a importância de se falar mais sobre doação para manter o tema em evidência na sociedade. A campanha entra no ar nesta quinta-feira (27) e será veiculada em TV, rádio, revista, outdoor e mobiliário urbano, além de internet e rede sociais/influenciadores digitais. A trilha sonora traz a interpretação da cantora Kell Smith, que também deu voz à campanha de 2017.

Kell fez parte da mesa e defendeu que a arte é o melhor veículo para transporte de sentimento; que a música é a forma mais eficaz de sensibilização, pois ela ultrapassa a barreira do idioma, da classe social, ou qualquer outra. A cantora, que assistiu pela primeira vez a campanha durante o lançamento, ficou muito emocionada: “Não há nada que traduza melhor o amor do que a doação e é muito importante pra mim passar essa informação”, finalizou. Confira o vídeo da campanha.

Fonte: Ascom - Cofen (com informações da Agência Saúde)