06/01/2020

Santa Casa em Mato Grosso é certificada pelo Programa Nacional da Qualidade

Instituição deste modelo é a primeira a receber a certificação do Cofen

O presidente do Coren-MT, Antônio César Ribeiro, e membros da CNQ

A Santa Casa de Misericórdia e Maternidade de Rondonópolis será a primeira instituição  do gênero no país a receber a certificação do Programa Nacional da Qualidade do Conselho Federal de Enfermagem (PNQ/Cofen).

O presidente do Conselho Regional de Enfermagem de Mato Grosso (Coren-MT), Antônio César Ribeiro, acompanhou, nesta quinta-feira (19), a visita à unidade feita pelas representantes da Comissão Nacional de Qualidade do Cofen (CNQ), Tânia Ortega, Maria Zilda Uchôa e Irene Ferreira.

Também participaram da visita a conselheira secretária do Coren-MT, Lígia Arfeli, e o conselheiro tesoureiro, Rodrigo Machado.

O  PNQ avalia as dimensões “Ações gerenciais sistêmicas”, “Estrutura organizacional”, “Aspectos operacionais”, “Infraestrutura”, “Gestão de pessoas” e “Responsabilidade social”.

“Estamos neste momento muito emocionados. Este selo é muito importante para nós porque ele vem orientar garantir as diretrizes da enfermagem. Estamos extremamente satisfeitos. Este selo representa a qualidade que nós viemos buscando”, disse a superintendente da Santa Casa de Rondonópolis, Bianca  Talita Franco.

Segundo ela, o Cofen tem atuado como orientador, desde a primeira visita de avaliação da unidade e os profissionais têm se esforçado para seguir as diretrizes determinadas pelo órgão. Além de ganhar o selo, mantê-lo é a meta. “Dar segurança e qualidade aos nossos pacientes é o motivo pelo qual existimos”, disse ela.

Além de certificar a unidade, o selo é estendido também aos profissionais de enfermagem, uma iniciativa inédita entre os programas de certificação existentes.

Fundada em 1971, a Santa Casa de Rondonópolis é uma entidade filantrópica sem fins lucrativos, que presta serviços ao Sistema Único de Saúde (SUS).

Sobre o PNQ

O Programa Nacional da Qualidade é uma certificação do Cofen às boas práticas, à inovação na gestão e na qualidade de ensino, estendido tanto a instituições de saúde quanto de educação superior.

Certifica também profissionais de enfermagem e docentes, em prol da valorização da saúde no Brasil. Saiba mais sobre o PNQ.

Fonte: Coren-MT